CLOSE

Leilões da ANAC, da ANTAQ e da ANTT movimentam o mercado de Seguro Garantia

Março e abril serão ainda mais agitados na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). Nestes dois meses, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) realizarão 12 leilões (veja mais detalhes no quadro abaixo). Todos exigem a apresentação da garantia de participação. A melhor opção é o Seguro Garantia do Licitante, também conhecido como Seguro Garantia “Bid”, Seguro Garantia de Manutenção de Proposta e Seguro Garantia de Participação, e uma das especialidades da Alfa Real.

O valor do prêmio pago à seguradora é bem menor do que aquele que seria pago ao banco por uma fiança bancária. Além disso, não compromete o capital de giro da empresa ou a linha de crédito junto aos bancos. Por meio desse instrumento, a seguradora atesta a capacidade técnica, econômica e financeira dos participantes.

O que será oferecido aos participantes

O lançamento dos editais aconteceu em 29 de novembro de 2018, no Palácio do Planalto, quando foram apresentados os detalhes dos certames envolvendo 12 aeroportos, um trecho da Ferrovia Norte-Sul (FNS) e quatro terminais portuários. A expectativa de arrecadação total ultrapassa R$ 4,5 bilhões e os investimentos previstos superam R$ 6,5 bilhões.

Leilão da ANAC

Os 12 aeroportos que integram o leilão 01/2018 da ANAC foram divididos em três blocos: Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. O prazo de concessão será de 30 anos, com valor de outorga de R$ 2,1 bilhões no período. O valor mínimo para arrematar o pacote será de R$ 219 milhões. Os aeroportos que entram no certame são os de Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande (PB), Vitória (ES), Macaé (RJ), Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta (todos em MT).

Leilões da ANTAQ

Dos quatro terminais que serão leiloados, três estão localizados em Cabedelo (PB) e um em Vitória (ES). Eles são destinados à movimentação, armazenagem e distribuição de granéis líquidos, especialmente combustíveis, e gás liquefeito de petróleo. Nos quatro empreendimentos estão previstos investimentos de R$ 199 milhões, e vencerá o certame quem oferecer o maior valor de outorga, que começará em R$ 1,00.

Leilão da ANTT

Com o certame da Ferrovia Norte-Sul, serão concedidos 1.537 quilômetros de ferrovia, no trecho que vai de Estrela D´Oeste (SP) a Porto Nacional (TO). O valor mínimo de outorga é de R$ 1,353 bilhão para um prazo de concessão de 30 anos (vedada prorrogação), somando investimentos de R$ 2,8 bilhões. Até o fim do período de concessão, a projeção é de que o trecho possa atingir uma demanda de transporte equivalente a 22,73 milhões de toneladas.

Veja mais detalhes dos leilões

Posts Relacionados

Solicite uma proposta

(exclusivo para empresas)

   * Campos obrigatórios
   ** Com o CNPJ, o seu atendimento será agilizado

 

Quer saber mais sobre o mercado de seguros?

Deixe o seu email com a gente.

Novidades no blog:

Por que escolher uma seguradora e não uma “associação de risco”?
27 de maio de 2019
Absolar e Exame mostram crescimento da energia solar no Brasil
14 de maio de 2019
Seguro D&O teve crescimento de 9,2% em 2018
9 de abril de 2019
Solicite uma Proposta