Em artigo, Antonio Penteado Mendonça mostra como o seguro faz parte da economia desde a Mesopotâmia

O advogado Antonio Penteado Mendonça abordou a perspectiva do seguro como um investimento em artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo sob o título “Seguro é investimento”. O profissional volta quatro mil anos na história para mostrar que, já naquela época, havia na Mesopotâmia operações semelhantes a algumas das mais importantes modalidades de seguros da atualidade.

No artigo, ele aponta que o seguro esteve presente na Mesopotâmia, nas construções das cidades-estados italianas, nas grandes navegações portuguesas, nas expansões da Grã-Bretanha no século 18 e no desenvolvimento industrial na Alemanha no século seguinte.

“Nos dias de hoje, o setor de seguros ocupa espaço da maior importância no cenário socioeconômico internacional”, reforça Penteado. “Não é possível a implementação de qualquer projeto de grande porte sem a contratação de uma ampla gama de seguros para proteger a operação, desde o seu pré-projeto, passando pelo financiamento, até a entrada em operação.”

Leia o artigo completo clicando aqui.

Posts Relacionados

Solicite uma proposta

(exclusivo para empresas)

       * Campos obrigatórios
       ** Com o CNPJ, o seu atendimento será agilizado


     

    Quer saber mais sobre o mercado de seguros?

    Deixe o seu email com a gente.

      Novidades no blog:

      Por que o Seguro Garantia não cobre riscos cobertos por outros ramos ou modalidades de seguro?
      13 de abril de 2022
      Seguros para usinas fotovoltaicas exigem atenção às cláusulas referentes à cobertura de perda de aluguel
      22 de março de 2021
      Como funciona o Seguro de Perda de Lucro (lucros cessantes) para geração distribuída?
      24 de novembro de 2020
      Solicite uma Proposta